quinta-feira, 8 de novembro de 2012

.Aquelas pessoas.


   Josh morava sozinho. E havia sido assim a muitos anos... Não que lhe incomodasse.. Ele gostava do silêncio, do calmo, do singular. Talvez tivesse se acostumado a isso. Não importava. Ele era extrovertido, educado e engraçado -segundo as pessoas que com ele conviviam.-. Mas, o que poucos sabiam era que ele não era assim sempre. Ele tinha seus medos, inseguranças, conflitos, e posava de forte pra todo mundo. Era automático. "Tudo bom?" "Tudo, e com você?" "Tem certeza que você está bem? Claro, não precisa se preocupar *sorria* ". E assim seguia, um dia após o outro. Sorria quando queria sorrir, e sorria quando sentia que iria chorar. Embora muito sentimental, ele não gostava que os outros vissem isso. Não sabia porque, afinal, tinha certeza que alguém poderia ajudar. Ele simplesmente não conseguia. Mas no fim, sempre acabava no mesmo lugar. Se ele estava bem, tudo acontecia normalmente, seguia sua rotina. Mas quando ele estava triste, angustiado, ele tinha um ritual que fazia a algum tempo: Saía de casa, sorria, ajudava a quem ele pudesse ajudar, brincava, tentava esquecer, chegava em casa, pegava seus fones, colocava 'aquelas' músicas, ficava no quarto. Podia cantar ou não, dançar ou não, chorar.. Ou não. E isso, era como uma terapia. No fim, ele já estava melhor. Era uma válvula de escape. Geralmente isso era tudo que ele precisava. Até que ele conheceu novas pessoas, viu novos obstáculos, sorriu, caiu, levantou. E começou a perceber que o singular já não era tão bom. Que talvez aquelas pessoas que ele conheceu e até algumas que ele já conhecia a tempos, podiam ser mais. E seriam. Percebeu que nada é melhor que um abraço, uma brincadeira, um sms de 'vai dar certo'. E logo então teve certeza. Teve certeza de que aquelas pessoas, estariam com ele. Mesmo que ele chorasse. Mesmo que ele fosse morar em outro lugar. Mesmo que ele não sorrisse toda hora. E isso o tranquilizou. E dessa vez sorriu. Não porque queria esconder alguma emoção. Mas porque estava agradecido por esses pequenos gestos e essas lindas pessoas que ele teve o prazer de conhecer.

Para: Manda ~Amanda O~, Quels ~Ana Raquel~, Mimis ~Caroline V~, Migs ~Flamilla~, Hud ~Hudson~, Dexter ~Morgan~, Champs ~Lucas~ , Mari ~Mariana~, ~Lunis~ Matheus, ~Sams~ Samuel, e Floq ~Tullazy~. *-*
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

#5 - Eu tenho um travesseiro que ganhei quando eu nasci e durmo com ele até hoje. Bjs. KKKKKKKKKK


PS: Eu tava procurando uma foto de um homem sorrindo e eu TIVEEEEE que colocar essa. Pq será? UAHEUHAE *-*
PPS: Ano passando rápido demais o_o
PPPS: Aqui puro sol e eu com a garganta inflamada. Daora/
PPPPS: Beijos&Beijos.

sábado, 20 de outubro de 2012

.Now Playing.



Bem.. Muita gente não conhece ele, mas depois de ter ouvido essa música em Castle -também já tocou em Grey's Anatomy (L) e Vampire Diaries, mas foi em Castle que por causa da cena, eu prestei mais atenção na música :')- ela se tornou uma das minhas preferidas e eu comecei a procurar mais sobre ele. Então, resolvi postar a letra do meu novo vício. lol

Nothing goes as planned
Everything will break
People say goodbye
In their own special way
All that you rely on
And all that you can fake
Will leave you in the morning
Come find you in the day

Oh, you're in my veins, and I cannot get you out
Oh, you're all I taste, at night inside of my mouth
Oh, you run away, 'cause I am not what you found
Oh, you're in my veins, and I cannot get you out

Everything will change
Nothing stays the same
Nobody is perfect
Oh, but everyone is to blame
Oh, all that you rely on
And all that you can save
Will leave you in the morning
Come find you in the day

Oh, you're in my veins, and I cannot get you out
Oh, you're all I taste, at night inside of my mouth
Oh, you run away, 'cause I am not what you found
Oh, you're in my veins, and I cannot get you out
No I cannot get you out
No I cannot get you
Oh no, I cannot get you out
No, I cannot get you

Everything is dark
It's more than you can take
But you catch a glimpse of sunlight
Shining
Shining down on your face
Your face
On your face

Oh, you're in my veins, and I cannot get you out
Oh, you're all I taste, at night inside of my mouth
Oh, you run away, 'cause I am not what you found
Oh, you're in my veins, and I cannot get you out, no
No, I cannot get you out
(Oh, you're in my veins)
No, I cannot get you out
Oh no, I cannot get you..

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se quiser ouvir:

Se quiser baixar:
http://www.4shared.com/mp3/x1wB4K2f/Andrew_Belle_-_In_My_Veins.htm

#4 - Amo ler. Geralmente leio mais de um livro de uma vez. Porque assim, não tem como ficar entediada com uma história. E dizem que ler mais de um livro de uma vez, faz bem pro cérebro. '-' Vai saber né. Mas fica a dica. KK

PS: A foto do post, é a foto do Andrew Belle, esse lindo. *-*
PPS: Semana que vem é a semana de prova. In God we trust. KK
PPPS: Amanhã é aniversário da minha mãããae <3 font="font">
PPPPS: E quem disse que tô com tempo de assistir minhas séries? puft, só espero que essas mil provas terminem logo.
PPPPPS: Beijos&Beijos.

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

.Sobre passado e seus planos.


Era uma tarde de sol quando ela resolveu sair. Vestiu o short preferido, aquela blusa com a frase famosa da série de tv que mais gostava, calçou o tênis, pegou a bolsa, colocou os fones. Pensou em ir de bicicleta, mas sentiu que devia caminhar dessa vez. Colocou uma de suas músicas favoritas pra tocar e saiu de casa. Andou pelas ruas não prestando atenção nas pessoas ao redor, muito menos na música. Andava pensando em alguns momentos e aquela música servia como uma trilha sonora para suas lembranças. Chegou em uma praça, sentou por uns minutos no banco, fechou os olhos e ficou sentindo o calor do sol, tocando a sua pele. Enquanto apreciava o sol em seu corpo, começou a pensar. Aqueles pensamentos traziam um avalanche de sentimentos, hora angústia, hora alegria, hora saudade. Lembrou de alguém em especial. Lembrou daquela amizade que parecia tão sólida. Duas pessoas, que por mais diferentes que fossem, tinham semelhanças gigantescas. Lembrou das melhores conversas, risos, horas gastas conversando. E se pegou pensando no que restara disso tudo. Hoje, aqueles grandes amigos, que tinham vários planos, trocavam mensagens as vezes. Ela conheceu outras pessoas, ele talvez tenha conhecido. Ainda dividiam algumas semelhanças. Mas diferente de antes, muita coisa deixou de fazer sentido. As risadas não eram mais as mesmas, as conversas nem sempre fluíam, os planos não foram realizados. E mesmo com tantos acontecimentos, ela sentia falta. Ela não sentia mais a naturalidade de antes. Talvez ele não gostasse das coisas que dizia gostar. Talvez ele só dissesse que gostava pra ser legal, fazer a conversa fluir ou só pra agradar mesmo. Ela não sabe. E acho que nem vai saber. Levantou do banco, continuou sua caminhada. Chegou na cafeteria que queria, entrou, pediu o café que mais gostava, abriu o livro que já tinha começado a ler e continuou a leitura. Ela estava só. Não que se importasse, claro. Estar só a maior parte do dia, já não incomodava mais. Acostumar-se a isso não foi tão fácil, mas a partir de um tempo, passou a ser reconfortante, o singular. O silêncio. Depois de algumas horas, pagou o café e voltou as ruas. Desejou a bicicleta agora, porque assim demoraria menos pra chegar em casa. Assim, pensaria menos nisso tudo que vinha pensando. Ocuparia a cabeça com algum afazer doméstico e tudo ficaria melhor. Arrependeu-se da vontade de caminhar. Mas não tinha o que fazer. Fez o mesmo caminho de volta. E nesse meio tempo desejou que ela pudesse se soltar de novo. Ter a mesma facilidade pra conversar. Desejou aquela espontaneidade, aquela confiança. Sabia que não teria assim tão fácil. Sabia que isso é uma das coisas mais difíceis de se recuperar. Chegou em casa. Ela estava certa. Conseguiu ocupar a mente com outras coisas que tinha que fazer, e guardou esse monólogo num lugar que ela planejava voltar um dia.  Mas como ela já sabia, nem sempre os planos e desejos, se realizam.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

#3 - Tenho mania de olhar a hora antes de dormir e calcular qual a hora que devo acordar, somando as 8 horas que são necessárias pra ter uma boa noite de sono. -rs

PS: Vou começar a ler "Prata do tempo" essa semana. Por ser da Letícia Wierzchowski, confesso que tenho certas expectativas. Espero não me decepcionar. KK
PPS: A vida tá meio corrida, mas tô trabalhando pra colocar tudo no seu devido lugar.
PPPS: "Even on the worst days, there's a possibility for joy" (BECKETT, Kate) pfvr, a cada segunda que passa, me apaixono mais. #Castle
PPPPS: Beijos&Beijos.

Lari Freitas.

sábado, 29 de setembro de 2012

.Expresse yourself, don't repress yourself.


Escrever textos, cantar, dançar, conversar sobre assuntos do cotidiano. Coisas simples que todo mundo consegue fazer, mesmo que do seu jeito. Esses dias eu venho pensando em certas coisas e percebi como eu tenho medo de me expressar, em algumas situações. Talvez isso explique a minha falta de assunto no telefone, mesmo quando eu tenho vontade de passar horas conversando com alguém, ou talvez não. Paro, ando de um lado pro outro, ensaio no espelho, sei exatamente o que tenho que falar, mas travo e  não consigo falar. E quando falo, termino não dizendo nada do que passei horas ensaiando. A cada dia que passa, percebo como é preciso tomar certas decisões, que por mais que elas possam esperar agora, vai chegar um dia que elas não vão poder, e eu vou ter que decidir. Sim ou não, ir ou ficar, fazer ou não fazer. E por mais que eu já tenha, ou ache que tenha, certeza de que vai ser isso que eu vou fazer, sempre vem a parte do "Tem certeza? É uma mudança muito grande!", "E o que a família vai dizer?", e a mais importante: "E se não for isso?". Confesso que não tenho resposta pra nenhuma dessas perguntas, nem sei se terei tão cedo. E mesmo havendo aquela história de "Mas é a sua vida, você que tem que decidir" e mesmo eu compreendendo e tentando enfiar isso na minha cabeça a todo custo, eu tenho essa mania de me cobrar demais, e ter um medo extremo de desapontar as pessoas que me importo e assim vou, nesse dilema de vida, com medo de dar um passo e ao invés de sentir um lugar sólido aos pés, ver esse chão se quebrar e eu cair, de novo, na incerteza do "o que vou fazer daqui pra frente?". Mas o que se pode fazer? É isso aquela coisa que se chama, vida. E essas meus caros, mesmo com uma infinidade de erros ou acertos, só passa uma vez.

Pois é, onde aperta pra tomar uma pílula dessa ai? -rs

PS: Desculpem mesmo a demora pra atualizar aqui :x
PPS: Voltou Castle :')))) || Voltou Grey's :'((( || Amanhã volta Dexter *-* e assim vamos lol feliz por meus bbs estarem voltando.
PPPS: É Madonna, tô tentando mas nem sempre é fácil. LOL ~só os fortes #HumanNature
PPPPS: #RIPHebe :(
PPPPPS: Beijos&Beijos. Ótima semana à todos.

#2 - Tenho mania de escovas os dentes andando, geralmente de um lado pro outro, ou então me balançando no banheiro. Não consigo fazer isso parada. o_o #weirdo

terça-feira, 4 de setembro de 2012

#HappyBdayBeyoncé³


Sempre que chega esse dia, eu volto no post do ano passado pra ler o que escrevi lá e tentar lembrar de tudo que aconteceu desde então... E aqui estamos nós, outra vez, pra falar sobre uma data que pra alguns não passa de um dia qualquer, mas pra outros é um dia muito especial. *-*


Muitos podem vê-la só como uma mulher rica, do corpo bonito, que canta e dança. Mas não é preciso ir muito longe pra ver que tem muita coisa por trás daquele rostinho bonito. São mais de 14 anos de carreira e desde que começou, nós só a vimos crescer. E é por isso que ela é uma inspiração. E você não precisa ser fã das antigas pra perceber isso. O que acontece, é que ela consegue passar pras pessoas que acompanham sua carreira, um amor gigantesco, e a cada foto que sai nos sites de noticias, vídeo, foto postada no tumblr, notícia no site, etc. Esse amor só cresce. Quem viu entrevistas, nas quais ela falava que sempre teve o desejo de ser mãe quando chegasse aos 30, que a mãe dela foi uma grande inspiração, sempre esperou por isso, mas quem diria que ela seria mesmo, mãe aos trinta? *-* Posso dizer que aquela notícia no VMA de 28 de agosto do ano passado foi simplesmente o que fez aquele domingo ficar melhor. A notícia que fez o twitter ''parar'', os fãs super felizes e ela então.. Nem preciso falar. *-* E mesmo com todos os rumores e comentários maldosos, a Bluezinha linda tá aí pra provar que todos esses comentários não passavam de mentiras. Ela nasceu dia 07/01 e a partir daí foi só amor. *-*



É incrível como de um dia pro outro, consegui acrescentar mais uma pessoa pra lista das que amo, das que eu faço orações antes de dormir, e muitos podem achar besteira, mas só quem sente é quem sabe. 




Só eu sei  quantas vezes a voz, as músicas, os vídeos dela serviram como uma válvula de escape, ou apenas um refúgio quando eu estava triste ou então muito feliz. E eu só posso dizer que tenho orgulho dela ser essa mulher linda que ela é, uma mãe, filha, uma pessoa humana, humilde e uma profissional de mão cheia que nunca precisou de escândalos pra se promover e que encanta milhares e milhares de pessoas com essa risada besta e voz perfeita. Se não fosse por ela, eu não teria conhecido pessoas maravilhosas que conheço hoje, e tenho certeza que também não seria a mesma pessoa. 



Só tenho a agradecer por ela ser isso tudo e por me deixar tão feliz, mesmo que seja com detalhes tão pequenos. 31 anos hoje e que venham muitos e muuuuuitos anos. Que Deus continue te abençoando. Sucesso sempre, Eu te amo Nega e tenho orgulho de dizer que faço parte da BeyHive ♥





"Ser fã não é ir pra todos os shows, ter todos os cds e todas as revistas. Ser fã é amar."

PS: "Don't fly me away, you don't need to buy a diamond key to unlock my heart. You shelter my soul, you're my fire when I'm cold, just want you to know.. You had me at hello!"
PPS: Parece que escolher as fotos é sempre a parte mais difícil, Gosh!
PPPS: Talvez ela venha pro Rock In Rio 2013. What are the odds? Será que nesse eu vou? oremos/ KKK
PPPPS: Beijos&Beijos.

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

.For lovers only.


Hello there (:
Ando meio sem inspiração pra escrever esses dias :/ Mas como tava com vontade de atualizar aqui, resolvi vir falar de um filme lindo que assisti semana passada :')
O nome do filme é "For Lovers Only" e é um filme de 2011. Nunca tinha ouvido falar nele, mas ao ver uma entrevista da Stana Katic -a Beckett de Castle- vi que ela tava fazendo um filme com um amigo e resolvi assistir. Quando comecei a pesquisar sobre ele, achei umas coisas bem legais:

  • Foi uma filmagem independente de Mark e Michael Polish.
  • A produção foi executada sem nenhum orçamento, tirando táxi e hotel.
  • Foi filmado todo em preto e branco em uma filmadora DSLR. 
  • O filme foi colocado apenas pra download no iTunes, chegou ao Top 100 Movies do site e faturou 200 mil dólares.
  • Foi rodado em 12 dias e os principais atores são a Stana Katic e o próprio Mark Polish.
  • Stana Katic abriu mão do cachê para ajudar os amigos.
  • A divulgação do fime só foi feita por redes sociais e ''boca-a-boca'' ou seja, 0800.
O filme conta a história de Yves (Mark Polish) e Sofia (Stana Katic) que após acabarem um relacionamento e estarem vivendo com outras pessoas, encontram-se do nada em Paris. A trilha sonora, a fotografia, TUDO, só consegue melhorar uma história linda e pura que é contada no filme. Entrou pro ranking dos filmes mais lindos que já assisti. *-*

O trailer tá aqui:

É um filme bem diferente dos que são feitos hoje em dia. É um filme do tipo "O pouco vira muito" e só mostra que não precisa de rios de dinheiro e produção pra fazer um filme bom e bonito. E como o título diz, é for lovers only mesmo. Hahaha' Enfim, indico MUITO.

PS: Quero Paris, França e um amor tipo esse de for lovers only. Hhaueaueuahe
PPS: Tô aprendendo a dirigir. Emoção define *-*
PPPS: Nada de aulas. --'
PPPPS: Beijos&Beijos


terça-feira, 21 de agosto de 2012

.I was here.



Hoje acordei com vontade de ouvir essa música... Talvez tenha sido pelo vídeo, que saiu a pouco tempo, ou pelo simples fato de amar a música e achar a letra um espetáculo a parte.. E ao ouvi-la, logo hoje, depois de um receber uma notícia que, com certeza, não foi boa, me fez pensar sobre o que somos e qual a mensagem que queremos deixar para os outros. A morte é uma coisa que eu nunca consegui entender direito e não sei ao certo se tenho mais medo de morrer ou de ver 'os meus' morrerem... Mas de uma forma ou de outra, acho que devemos fazer algo que possa mostrar, porque/pra que viemos a esse mundo. Dizer um bom dia, perguntar 'está tudo bem?' quando você realmente quer saber se tá tudo bem, claro, dizer um 'você é especial pra mim', ou coisas do tipo, fazem um dia ficar muito bom. Nem que seja uma sms boba, um sorriso, uma brincadeira conseguem fazer você admirar os pequenos detalhes da vida, que a tornam cada vez mais mara especial. Eu sei que ninguém é capaz de amar todo mundo, mas pra se viver em sociedade, é preciso pelo menos, respeitar. E fazendo isso, seja dando bom dia, ou apenas ouvindo a opinião dos outros, você consegue passar por esse mundão e com certeza dizer que 'esteve aqui'. Um brinde à todos que já estiveram aqui por mim e que sei que estarão sempre. Obrigada por cada palavra, carinho, abraço, conselho. Eu agradeço muito a Deus por cada um de vocês. Vocês são o melhor em mim.

"Eu não tenho que provar nada pra ninguém. Eu só tenho que seguir o meu coração e me concentrar no que quero dizer para o mundo. Eu mando no meu mundo."
(Beyoncé G. Knowles)

PS: Talvez esse domingo foi a prova. E talvez tenha sido pela visita que eu fiz, que hoje eu posso dizer que "estive aqui" por alguém, e que consegui ver que isso deixou alguém feliz.
PPS: O Dia Mundial da Ajuda Humanitária é 19 de agosto, mas não precisa ser "dia de nada" pra se ajudar alguém. ;)
PPPS: A cada postagem agora, vou colocar um fato sobre mim que vocês não saibam, ou talvez alguns saibam, mas whatever. Hahaha.
PPPPS: Beijos&Beijos.

#1 – Quando coisas assim acontecem, a primeira coisa que tenho vontade de fazer é ficar repetindo “make you feel my love” na voz da Adele, nas alturas. Desde janeiro, depois de uma mensagem que recebi da Husband, essa música tem ajudado muito.

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

.Always.


~Pause~
Well well well. Volteey! -hahaha- primeiro, gostaria de pedir desculpa por nunca mais ter postado :x Um amigo veio me perguntar se eu tinha abandonado o blog D: daí resolvi vir fazer esse post, mesmo que pequeno e rápido. Mas prometo que não vai demorar muito pra ter um post meu mesmo. :) 
~Play~

Então, quem me acompanha por facebook/twitter/vida -q sabe do meu mais novo vício e amor: Castle. Lembro que tava um domingo em casa e vi a propaganda de Castle na sony, e desde então me prometi que começaria a assistir. Foi uma coisa que me pegou bem rápido, acho que por ter esse ar de policia feat. romance & comédia. Daí, quando terminei Desperate Housewives chora, e terminei a segunda temporada de Game of Throness, comecei a vê-la e viciei instantaneamente.  Indico MUITÍSSIMO. Esse semana passada eu estava terminando a quarta temporada, posso morrer com esse final? OMG. e no último episódio (4x23 - Always) a Alexis AKA ruivinha super inteligente, legal e filha do Rick lindo Castle, que está nessa foto  ↑, fez o discurso da graduação e achei tão lindo que resolvi postar aqui. 

Aqui está:

"Há uma verdade universal que todos precisamos aceitar querendo ou não. Tudo acaba algum dia. Mesmo tendo esperado muito por esse dia, eu nunca gostei de finais...  Último dia do verão... O último capítulo de um bom livro... Despedir-se de um amigo próximo... Mas finais são inevitáveis. As folhas caem. Você fecha o livro. Diz adeus.. Hoje é um desses dias pra nós. Hoje dizemos adeus a tudo que era familiar. A tudo que era confortável. Estamos seguindo em frente. Mas mesmo ao estarmos partindo e isso doer... Há pessoas que já são tão parte de nós que estarão conosco haja o que houver. Elas são nosso chão... Nossa Estrela Polar... E as vozes em nossos corações que estarão conosco... Sempre."

Isso meio que me lembrou o discurso que tive que fazer no meu terceiro ano e o quanto eu chorei. OMG. Saudades eternas definem. Então é isso, espero que tenham gostado. (: See u soon guys. :*

PS: Kd 24 de setembro com outra temporada de Castle que não chega? *-* Na verdade kd setembro/outubro com todas as séries que eu assisto, que não chega? kkk
PPS: Parece que agora a greve acaba. Ou não.
PPPS: Próximo post ainda essa semana. I promise.
PPPPS: Beijos&Beijos&AbraçosCalorososPorCausaDaDemora. *-*

segunda-feira, 23 de julho de 2012

.A moça.


Ele abriu os olhos. Estava um pouco desnorteado. Tentou levantar, mas sentiu algumas dores no corpo. Depois de algum esforço levantou e tentou entender o que se passava ali. Ele reconhecia o lugar, não do jeito que estava, mas não se sentia mais perdido. Era um lugar não muito longe de sua casa, onde haviam muitas lojas, que agora não passavam de paredes destruídas e vidros quebrados. Haviam gritos, tiros e pessoas ao chão. Escondeu-se. E ao se esconder viu de longe um homem, com uma roupa preta e um boné azul, um tanto peculiar. Que por algum motivo -se é que tinha um- atirava naquelas pessoas inocentes, como se brincasse. E o tumulto começou de novo. Correu, pulou obstáculos, se escondeu. Encontrou uma moça escondida no mesmo lugar que ele. Fizeram silêncio, o homem de preto não os viu, eles correram em sentido contrário e acharam uma casa onde desesperadamente tentavam achar um jeito de entrar. A casa era grande, teria espaço para eles lá dentro. O dono aterrorizado avisou que não podia sair pra abrir a porta, porque era "perigoso demais" ajudá-los. Eles saíram de lá e correram ainda mais, mais rápido. Ao olhar pra trás ele viu que o homem de preto havia parado e olhava em direção deles. Levantou sua arma. O moço desesperado, pegou na mão da moça e correram, correram. Sentia a adrenalina pulsando dentro de si. Não havia outra direção a não ser seguir reto por aquele beco, até que houve um barulho. O barulho o assustou, mas não o impediu de correr. Por um momento ficou feliz por isso, mas então percebeu que corria sozinho. Que a moça, já não corria mais. A moça estava caída no chão. Ele não parou de correr. Olhou pra moça, viu nela um olhar. Um olhar como se pedisse ajuda. Ele hesitou. Começou a correr outra vez, achou um prédio e entrou. Ao entrar no prédio ouviu a polícia. O homem de preto seria preso. Mas e a moça? Será que se ele tivesse parado para ajudá-la ela estaria viva, pra ouvir a polícia chegar? Por que ele foi egoísta ao ponto de pensar apenas em si e não ajudar alguém que ele sabia que precisava?
Ele abriu os olhos. Estava aflito, porém acabava de acordar. Foi só um sonho, pensou. Levantou-se até que feliz, e jurou a si mesmo, que de hoje em diante, ele salvaria a moça.

PS: Meio parecido com um sonho que tive esses dias.
PPS: Depressão pós-FIG :/
PPPS: Beijos&Beijos.

Lari Freitas.

sábado, 7 de julho de 2012

.HappyBdayHusbs.



Hoje eu podia fazer um texto enorme, dizer mais uma vez tudo que eu já disse em todos esses anos e momentos que você esteve comigo. Porém, percebo que não será necessário. Eu não vou precisar dizer que EU TE AMO muito, ou que eu torço muito pra você ser feliz, porque você já sabe.. Também não será preciso dizer que você é uma pessoa linda, que tenho orgulho de poder contar todos os momentos que tenho contigo, de todas as aventuras desde 2 broke girls a uma queda por cima de alguém em uma boate. -nmln- e muito menos preciso dizer o quanto eu sou feliz por te ter como prima, amiga, irmã. Eu também não preciso dizer que somos partes de um casamento que funciona mais do que vários outros que vejo acontecendo em cartórios/igrejas por ai.. E nem que cada risada, choro ou apenas 'estar perto' valeu muito a pena por ser com você. Como você pode ver, eu não falei nada, nada que você ainda não soubesse. E essa você também já sabe, mas obrigada por tudo. Por tudo mesmo. Again: Eu te amo.

"You know that's no need to hide away.. You know I tell the truth, we are just the same.. I can feel everything you do, hear everything you say even when you're miles away. Cuz I am me, the universe and u. (...) When you're on your own, I'll send you a sign.. Just so you know.. That I am me, the universe and you."


PS: Tão Calzona. :') KKKKKK *-*
PPS: 5 dias pra migs, 5 dias pro FIG lol lol
PPPS: Somos dessas que tiramos fotos super tendências. E o bom é que é nova -sóquenão
PPPPS: Beijos&Beijos.

sexta-feira, 8 de junho de 2012

.Azul.



"O mundo é azul em suas bordas e profundidade. Este azul é a luz que foi perdida. A luz que, no fim azul desse espectro, não viaja toda a distância do sol até nós. Ela se dispersa entre as moléculas do ar, se espalha pela água.
A água é sem cor e, quando rasa, parece ter cor de qualquer coisa que deita sobre ela. Mas, a água profunda está cheia dessa luz difusa. Quanto mais pura a água, mais azul ela é.
O céu é azul pela mesma razão. Mas, o azul do horizonte, o azul da paisagem que parece estar se misturando com o céu, é mais profundo, mais romântico, mais melancólico. Parece o azul que encontra os lugares mais distantes, que você consegue ver por milhares de quilômetros, o azul da distância.
Essa luz não nos toca. Não atravessa toda a distância. A luz que se perde é a luz que nos dá a beleza do mundo, que, em sua maioria, é da cor azul." 

(Rebecca Solnit - A Field Guide to Getting Lost)

PS: Olha só eu hoje, toda trabalhada no ''fã emocinada'' :')
PPS: Só os fortes pra entenderem de onde eu tirei esse texto -q
PPPS: Foto completamente aleatória. auehauhe
PPPPS: Feriadoo \o depois dele muitas mudanças.
PPPPPS: Beijos&Beijos.



terça-feira, 5 de junho de 2012

.Who u trying to fool?.


Você sonha. Define metas. E faz -ou pelo menos diz fazer- o possível para alcançá-las. Você tenta, tenta, tenta e não consegue. Mas consegue outras coisas e tenta se convencer de que aquilo tá bom. E no fim até se convence, e gosta e percebe que esse talvez seja o caminho. Mas aí existem aqueles que vem com toda aquela história de 'não desistir dos sonhos' outras e outras vezes, e você se confunde. E fica inseguro. E de repente, toda aquela certeza que você tinha -ou achava que tinha- se estremesse. Aquele castelo que você dizia estar, não parecia tão sólido agora. E em uma fração de segundos, você não sabe mais se o que você tá fazendo é certo. Então você se vê em um meio termo. Entre o tentar outra vez ou continuar assim. Entre seguir um sonho antigo ou CONSTRUIR um novo sonho. Entre SER feliz ou ESTAR feliz. Entre o ESTAR feliz ou o ACHAR que estar feliz. A quem você tá tentando enganar? A si próprio? Aos outros? E quanto a esses outros? O que acontecerá com você quando eles derem rumo a vida deles e você ficar ai?
"-Eu não tô querendo enganar ninguém, eu me sinto completo agora!"

... E por mais que por alguns momentos se sentisse aparentemente completo, estava faltando alguma coisa. E de que vale estar meio feliz? meio cheio? meio completo? Nada. Não vale nada.

Lari Freitas.

quinta-feira, 31 de maio de 2012


E porque pensar que seria diferente? Que ela não mais se importaria? Que ela não ligaria? Ou apenas não mandasse uma mensagem? Será que ela pensou que mudaria? Não... Ela se conhece o suficiente pra saber que 'se importar demais' era sua maior virtude.. Ou maior defeito... E porque se incomodar tanto? Talvez ela tivesse se prometido que 'não queria mais saber' que 'como não foi ela que errou' ela não iria ligar mais pra essas pessoas. Mas e se essas pessoas tivessem sofrido por causa dela? E se no fim, as pessoas estivessem mesmo certas? Perguntas.. Perguntas e mais perguntas.

sexta-feira, 18 de maio de 2012

.Mude.



Mude.
Mas comece devagar, porque a direção é mais importante que a velocidade. Sente-se em outra cadeira, no outro lado da mesa. Mais tarde, mude de mesa. Quando sair, procure andar pelo outro lado da rua.Depois, mude de caminho, ande por outras ruas, calmamente, observando com atenção os lugares por onde você passa. Tome outros ônibus. Mude por uns tempos o estilo das roupas. Dê os teus sapatos velhos. Procure andar descalço alguns dias. Tire uma tarde inteira pra passear livremente na praia, ou no parque, e ouvir o canto dos passarinhos. Veja o mundo de outras perspectivas. Abra e feche as gavetas e portas com a mão esquerda. Durma do outro lado da cama... depois, procure dormir em outras camas. Assista a outros programas de TV, compre outros jornais... leia outros livros. Viva outros romances. Não faça do hábito um estilo de vida. Ame a novidade. Durma mais tarde. Durma mais cedo. Aprenda uma palavra nova por dia numa outra língua. Corrija a postura. Coma um pouco menos, escolha comidas diferentes, novos temperos, novas cores, novas delícias. Tente o novo todo dia, o novo lado, o novo método, o novo sabor, o novo jeito, o novo prazer, o novo amor, a nova vida. Tente. Busque novos amigos. Tente novos amores. Faça novas relações. Almoce em outros locais, vá a outros restaurantes, tome outro tipo de bebida, compre pão em outra padaria. Almoce mais cedo, jante mais tarde ou vice-versa. Escolha outro mercado... outra marca de sabonete, outro creme dental... tome banho em novos horários. Use canetas de outras coresVá passear em outros lugares. Ame muito, cada vez mais, de modos diferentes. Troque de bolsa, de carteira, de malas, troque de carro, compre novos óculos, escrevas outras poesias. Jogue fora os velhos relógios, quebre delicadamente esses horrorosos despertadores. Abra conta em outro banco. Vá a outros cinemas, outros cabeleireiros, outros teatros, visite novos museus. Mude. Lembre-se que a vida é uma só. E pense seriamente em arrumar um novo emprego, uma nova ocupação, um trabalho mais light, mais prazeroso, mais digno, mais humano. Se você não encontrar razões para ser livre, invente-as. Seja criativo. E aproveite para fazer uma viagem despretensiosa, longa, se possível sem destino. Experimente coisas novas. Troque novamente. Mude, de novo. Experimente outra vez. Você certamente conhecerá coisas melhores e coisas piores do que as já conhecidas. Mas não é isso o que importa. O mais importante é a mudança, o movimento, o dinamismo, a energia. Só o que está morto não muda!

(Edson Marques)

PS: Eu adoro esse texto.
PPS: Tá com aula? Nããão! Tá de greve? Tôô!! Olha olha olha olha, aula no natal.. aula no natal.. aula no natal, que geniaaal, tem também no carnavaaaal ♪♫ D=
PPPS: Vou retirar os cisos hoje. Meu nome é medo.
PPPPS: Queria colocar um texto meu, mas simplesmente ''não veio'', sabe? :/ kk
PPPPPS: Beijos&Beijos.

LariFreitas.

segunda-feira, 7 de maio de 2012

.HappyBdayDonaMoça.



Que dia é hojeeeeee? Oeee, isso mesmo 7/05. E o que tem de importante nesse dia? Bem, tem algo muito importante. HOJE é niver da dona moça mais linda das terras maranhenses :DDDDDDDDDD
HAHAHA'

Bem, como vocês já devem saber -se já leram algum post antigo relativo a ela- a Flamilla foi uma moça que eu conheci via twitter e desde que a gnt se conheceu, eu só tenho que agradecer por tudo. *-* Os desentendimentos, as risadas, as horas no msn, os minutos -q no telefone KKKKKK e tudo que a gente já passou juntas, mesmo de longe.

E tudo começou assim:

Tempos de febre no formspring, e né que o forms conseguiu trazer algo de bom pra mim? #SóOsFortes.
Eu não costumo lembrar do jeito que conheci as pessoas, nem de muitas coisas antigas #MemóriaFail mas é engraçado como eu consigo lembrar da maioria dos fatos importantes em relação a nós duas. Uma pessoa que no começo do começo eu só chamava de Flah e quando eu falava dela pras pessoas daqui, elas perguntavam "E como é o nome dela?" "E eu ficava o.o Eu acho que é Flávia..." -KKKK acho que eu nunca te contei isso né?- pq ela tinha me contado uma história de dois times de futebol que eu não acreditei de primeiro, até que depois eu vi que era verdade mesmo LOL e então esse nome, um tanto quanto diferente, passou a ser um nome presente na minha vida de uma forma ótima. E assim foi só crescendo, tweets vão, tweets vem, perguntas no forms vão, perguntas vem. E a gente já tava se conhecendo melhor *-*

Aí sim.. Horas e horas no msn, virando a noite, conversas em grupo com o Caio, aqueles desenhos que só a gente sabia fazer, todas as histórias contadas, os sonhos, as vontades, aquela sensação legal que me fazia tão bem, mas tão bem, que me fez fundar uma rede de supermercados. KKKKKKK #interna
Venha você também trabalhar no LL. ;) hahahaha
E como a vida é cheia de passos, vamos ao seguinte: O celular!
Se não me engano, eu tava em uma aula de química. E nesse dia eu tava sentada lá no fundão -amo/sou- daí inventei de prometer isso e a Ly Oliveira é a prova de que quando a msg chegou eu dancei sim single ladies na sala -não toda claro- mas pelo menos a parte do ohohoh ohohoh ohoh ♪ e a Ly morrendo de rir, eu morrendo de rir e o professor escrevendo no quadro. #Abafa.
E os dias foram se passando e aquela confiança só foi aumentando cada vez mais. Até que chegou o aniversário dela -de 2010- e a gente se falou a primeira vez pelo celular =DD
 Esse dia foi uma graça, eu passei horas ligando e quando ia chamar eu desligava. doida/ Mas fazer o que.. No fim das contas eu liguei pra dar os parabéns a essa moça *-* O que abriu alas para a parte traumática da nossa amizade:
O TELEFONE.
KKKKKK acho que tá pra nascer uma pessoa tão sem assunto quanto eu. E isso ainda foi piorado quando eu consegui passar UMA HORA -vocês não sabem como foi isso- e todos os créditos da ligação foram dados AO ENTREGADOR DE PIZZA. Mas como assim Bial? Ainda não aceito esse argumento, mas tudo bem. u_u Sou do tipo que escreve, não do que fala. Mas sabe aquela pessoa que você sabe que faria um esforço pra falar com ela ao telefone, mesmo ela rindo da sua cara por esse motivo? É, você é uma dessas pessoas. 

E então você já fazia parte dos meus melhores amigos. -Eu diria que é um grupo seleto, difícil de entrar e até difícil de sair também-. E daí todos os dias eu ficava pensando será que um dia ela vai vir aqui? Será que eu vou lá? Quando será? Não sei.. Mas de uma forma muito louca eu sabia que a gnt ia 'se conhecer' um dia mesmo -e tá chegando *-*- 

E a partir do tempo a gente passou por muita coisa. Confesso que 2011 não foi o nosso melhor ano. Mas serviu pra mostrar que mesmo depois de tanta coisa, das coisas ruins, eu estaria aqui e você ai, do jeito 'estranho' da gente e tudo mais. *-* E que seja assim, sempre e pra sempre. Você com seu drama - :-p - eu com minha falta de paciência, e de um jeito ou de outro a gente se adequando ao modo uma da outra de ser. Parabéns meu bem! Que Deus continue te abençoando sempre e que você permaneça sendo essa menina linda que é, que cativa as pessoas e que faz com que elas gostem ainda mais de você! *-* Desculpa por qualquer coisa e obrigada por tudo. Amei ontem, amo hoje e amarei amanhã. Por mais que a gente não se entenda as vezes, por mais que você chegue um dia a não acreditar. Por mais que falem. Minha dona moça lienda. E pode ter certeza que daqui a uns dias não vai ter nem 'cabeção' nem nenhum 'peixe podre' que te faça mal. Pq daqui pra lá já terei aniquilado todos. Muahahahahaha. ♥


PS: Foto dela na tentativa fail de me imitar. 'I'm a gangstah baby' u.u sorry ai -q
PPS: E ano post do ano que vem, não serão tweets, serão fotos nossas. Awnnn *-*
PPPS: Posso dizer que o twitter definitivamente faz parte das nossas vidas? HAHAHA Thank you twitter.
PPPPS: Créditos dos tweets ao twitter-claro- e a minha paciência de ler 4658754 até chegar ao início de 2010. KKKK
PPPPPS: Pena que teu presente vai chegar atrasado ai :c Mas ele vai chegar (yn)
PPPPPPS: Beijos&Beijos.

terça-feira, 1 de maio de 2012

. #MusicTuesday -q.



Quando você tenta o seu melhor, mas não tem sucesso.
Quando você consegue o que quer, mas não o que precisa.
Quando você se sente cansado, mas não consegue dormir.
Preso em marcha ré.

Quando as lágrimas começam a rolar pelo seu rosto.
Quando você perde algo que não pode substituir.
Quando você ama alguém, mas é desperdiçado.
Pode ser pior?

Luzes te guiarão até em casa
E aquecerão teus ossos
E eu tentarei, consertar você

Bem no alto ou bem lá embaixo.
Quando você está muito apaixonado para esquecer.
Mas se você nunca tentar,você nunca saberá
O quanto você vale.

Luzes te guiarão até em casa
E aquecerão teus ossos
E eu tentarei consertar você

Lágrimas rolam no seu rosto
Quando você perde algo que não pode substituir
Lágrimas rolam pelo seu rosto
E eu...

Lágrimas rolam pelo seu rosto
Eu te prometo que vou aprender com meus erros
Lágrimas rolam pelo seu rosto
E eu...

Luzes te guiarão até em casa
E aquecerão teus ossos
E eu tentarei, consertar você.


Videozinho pra acompanhar e pá..

PS: Essa música serve pra tantas ocasiões..
PPS: Thiago (F) :'(
PPPS: Jah, estamos contigo, você vai sair dessa (yn) ♥ Te amo.
PPPPS: Bons tempos de #MusicMonday no twitter. #Sóosfortes
PPPPPS: Beijos&Beijos.

Lari Freitas.